quarta-feira, 8 de julho de 2009

POIS AQUELE EM QUEM NÃO HÁ ESTAS COISAS É CEGO(2Pd- 1:9a).

1 Timóteo 6.11-14

“Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas e segue a justiça, a piedade, a fé, a caridade, a paciência, a mansidão. Milita a boa milícia da fé, toma posse da vida eterna, para a qual também foste chamado, tendo já feito boa confissão diante de muitas testemunhas. Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu testemunho de boa confissão, que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até a aparição de nosso de nosso Senhor Jesus Cristo”.


I – O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele foge (v.11):

1)- Coisas pelas quais o homem de Deus foge:

a- Aparência do mal: ‘Jó se desviava do mal’ – “Havia um homem na terra de Uz, cujo nome era Jó; e este era homem sincero, reto e temente a Deus; e desviava-se do mal” (Jó 1.1; * 31.1).

b- Prostituição: ‘Fugi da prostituição’ 1 Co 6.18 – (José fugiu daquela mulher adúltera Gn. 39.12).

c- Falsos Mestres: ‘falsos ensinadores e falsos ensinos’ – aqueles que ensinam outras doutrinas, que não estão em conformidade com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade; “foge dos tais” (2 Timóteo 4.12) FÁBULAS!

d- Amor ao dinheiro: ‘desejo de ser rico’ – ‘ambição por dinheiro’. Recentemente vi um televangelista famoso ensinar que o cristão que se contenta em possuir o sustento, com o que cobrir-se, é um trouxa! Disse ainda que o cristão deve desejar a riqueza, porque se a riqueza fosse algo capaz de desviar o cristão, o diabo enriqueceria a todos os crentes. Vejamos irmãos o quanto é maligno este ensino. Paulo instrui aos cristãos a viverem contentes com o seu ganho. “porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se transpassaram a si mesmos com muitas dores” (v.10).

e- Embaraços desta vida e dos Pecados: ‘fugir dos embaraços e pecados’ – Hebreus 12.1


2)- Coisas pelas quais o homem de Deus não deve fugir:

a- do diabo: “Resisti ao diabo e ele fugirá de vós” (Tg 4.7);
b- da presença de Deus “Não se apresse a sair da presença de Deus”;
c- do chamado de Deus (Jonas) “E Jonas levantou-se para fugir de diante da face do Senhor” (Jn 1.3);
d- da cruz “Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me” (Lc 9.23);
e- da oração “Orai sem cessar” (1 Ts 5.17);
f- da congregação “Não deixando de congregar, como é costume de alguns” (Hb 10.25),


II – O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele segue (v.11):

1)- Coisas pelas quais o homem de Deus segue:

a- A justiça: Deus ama a justiça (Sl 33.5). A Bíblia diz que com justiça se estabelece o trono (Pv 16.12); Todo aquele que pratica a justiça é nascido dele (1 Jo 2.29).

b- A piedade: “Piedade consiste na prática contínua da oração, da reverente meditação da Palavra de Deus, e do exercício da Santificação em todas as áreas da vida”. (2 Pe 1.3-8).

c- A fé: Esta fé aqui está mais voltada para a sã conduta de vida cristã, do que propriamente o ato de operar milagres e curas. Tem o sentido de seguir os ensinos de Cristo, a sua palavra. Imitar a fé daqueles foram aprovados por Deus. “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, atentando para a sua maneira de viver” (Hb 13.7).

d- A caridade (amor): A Bíblia diz que o amor é o vínculo da perfeição (1 Pe 2.17). Aqui tem o sentido de fazer caridade, praticar boas obras (Tg 2.15-16). “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque a caridade é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus” (1 Jo 4.7).

e- A paciência: “Sede vós também pacientes, fortalecei o vosso coração, porque já a vinda do Senhor está próxima” (Tg 5.8). O exemplo da paciência de Jó (Tg 5.11); “Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração” (Rm 12.12).

f- A mansidão: “Jesus disse: aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para a vossa alma” (Mt 11.29). O degrau da mansidão é o mais difícil na vida do cristão, mas é vital que sejamos aprovados por Deus.


III – O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele luta (v.12):

1)- Coisas pelas quais o homem de Deus luta:

a- Pela fé (Evangelho): Ao encerrar sua carreira, Paulo disse: “Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé” (2 Tm 4.7). A luta do cristão está no âmbito espiritual e celestial. Antes de lutar é preciso estar apto, pronto e munido com as armas do divino Espírito Santo. Ele deve se posicionar na defesa e no ataque. Defender a Fé (O Evangelho) das falsas heresias, e Atacar o império satânico com as armas poderosas em Deus.



Para o combate da fé é necessário:

Estar alistado para a batalha;
Armar-se para a batalha;
Definir os inimigos da fé a serem vencidos (Ef 6.12);
Defender a fé (Jd 3);


IV – O homem de Deus é conhecido por aquilo que ele é fiel (v.14):

“Além disso, requer-se nos despenseiros que cada um se ache fiel” (1 Co 4.2).

1)- Coisas pelas quais o homem de Deus é fiel:

a- Aos mandamentos do Senhor: Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu testemunho de boa confissão, que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso de nosso Senhor Jesus Cristo” (v.14).

A Bíblia diz: “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todos os homens. Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau” (Ec 12.13-14)

o Aquele que guarda os mandamentos entrará na vida eterna (Mt 19.17);
o Aquele que guarda os mandamentos será prontamente atendido na oração;
o Aquele que guarda os mandamentos preserva a coroa da vida (Ap 2.10);

b- Aos talentos que Ele dispensou a nós: (Lc 16.10; 19.17). Cumpre o teu ministério.
Ser fiel no pouco significa estar aprovado para servir no muito!
A questão não é a quantidade de talentos, e sim a maneira como nos lidamos com eles. Ser fiéis ou não a eles.

c- A tarefa da Evangelização: (Mc 16.15).
AUTOR: Pr-Moisés Carneiro.

2 comentários:

Newton Carpintero, pr. disse...

Prezamado Evaldo Florindo,

A Paz do Senhor!

Excelente postagem. Não se necessita argumentar mais nada.

Este texto, deve ser produzido como um folheto evangelístico para os CRENTES!

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com

Evaldo Florindo disse...

Pr- Newton Carpinteiro.
Nobre Irmão são pessoas como voce que, me inspiram, acontinuar buscando os perdidos para Jesus.
Um grande abraço amado pastor, e obrigado pelo encentivo, ao trabalho.